Érica Azevedo

Érica Azevedo escreve poesias e contos. Tem três livros publicados: “Vida em poesia” (MAC, 2002), “Outros eus” (Kalango, 2013) e “A chuva e o labirinto” (Mondrongo, 2017). Participou das coletâneas “Sangue Novo: 21 poetas baianos do século XXI”, organizada por José Inácio Vieira de Melo; “Confraria Poética Feminina”, organizada por Rita de Cássia Ribeiro de Queiroz; “2º concurso literário do servidor público”, organizada pela Secretaria de Administração do Estado da Bahia; “Prosa e verso”, organizada pela oficina de criação literária da 8ª Feira do Livro de Feira de Santana. Foi convidada para o 10ª Bienal do Livro da Bahia (2011).

Citações

Ser mulher negra é nascer entre duas margens. Mas sempre escolhi o rio.

Mini Biografia

Érica Azevedo nasceu em Santo Estevão, Bahia, é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), mesma instituição em que se especializou em Estudos Literários e defendeu o mestrado em Literatura e Diversidade Cultural. É professora de Língua portuguesa, Redação e Literatura. Publicou seu primeiro livro, Vida em poesias (Edições MAC/ Feira de Santana), em 2002, Outros Eus (Kalango, 2013). Participou da coletânea Sangue Novo: 21 poetas baianos do século XXI (Escrituras, 2011) e Confraria Poética Feminina (Penalux, 2016). Seu livro mais recente é A chuva e o labirinto (Mondrongo, 2017). Integrante da plataforma do Mapa da Palavra (http://mapadapalavra.ba.gov.br/erica-azevedo/).

Obras